sexta-feira, 24 de maio de 2019

Dragão de Petróleo, para Savage Worlds


              Dragão de Petróleo 

Dragão de Petróleo                 
AGI d8 AST d12+1 ESP d12+1 FOR d12+6 VIG d12+3                 
TAM +10                 MOV 8                 APA 9                 RES 26 (7)                 "CAR": +4

Perícias: Lutar d12+3, Intimidação d12+5, Con. (Arcano) d12+5, Con. (Prospecção) d12+5, Persuasão d12+5, Consertar d12+5, Perceber d12+5, Furtividade d12, Conjurar d12.

Habilidades: Ambidestria; Antecedente Arcano (Magia); Focado; Varredura; Musculoso.

Armadura Natural: +7 escamas; 
Mordida: For+d8; 
Garras: For+d8; 
Cauda: varredura, For+d6; 
Aura de Medo: -3 todos os que o ver; 
Voar: 5 q (estritamente caculado); 
Escavar: 8 q (a pântanos, desertos e coisas viscosas, como betume, óleo, piche, petróleo e similares)

Baforada: de  Fogo: cone, teste Agilidade -2, 2d12 de dano de fogo; 
Baforada: de Gasolina: "spray", nuvem em modelo de explosão grande. Testam constituição, em falha fica cegos pela nuvem de combustível. Obs: Qualquer chama que "adentrar" a área, causará explosão(2d12) ...4d12 de dano se o Dragão usar de baforada de fogo na rodada subsequente... 
"Agarrar" de Betume (Especial):, cone, teste Agilidade -2, as criaturas que falharem estarão presas no óleo bruto/piche, com risco de serem incendiadas (1-3 em 1d6). Para sair do Piche, faz teste de Força, se passar: sai e leva 2d10 de dano (gruda na pele).

Resistência Arcana: +6 resistir/dano contra magias; 
Imunidade: Fogo, sono e paralisia; Fraqueza: Frio (dobro de dano); 
Resistência: -4 danos normais (exceto mágico); 
Robusto: um segundo abalado.

Tesouros: Vasto.                               
Terreno: Colinas; Pântanos; Charcos; Montanhas; Deserto.     
Organização: Solitário.

"O Dragão de Óleo, ou dragão de petróleo, pode ser facilmente confundido com um dragão negro, mas logo sua viscosidade e brutalidade corrigi o leve engano. Pode ser encontrado em uma variedade maior de ambiente, normalmente os locais em que se encontram tem o dobro da temperatura do ambiente. Vive de devorar tudo o que ficar preso em suas poças de óleo, betume e variedades gosmentas. Tendem a ignorar gigantes nos arredores de seus ambientes, exceto os mais tolos que fiquem presos, estes são prontamente devorados. São terrivelmente ávidos, exigindo demais dos arredores, a vantagem e sorte desses ambiente é que eles estão relativamente presos as suas dependências territoriais (tendem a secar eventualmente se forem audazes demais). Gnomos demonstraram uma curiosidade, quase mórbida a essas criaturas, o que foi estranhamente retribuído (eles tendem a raptar gnomos como pets...)"

P.s.: eis aí, kkkkk vcs provocaram... kkkk seus gnomos e halflings despudorados ...


Créditos: Mestre Malevo e Halfling Carambola... kkkkkkkkkkk

Nenhum comentário:

Postar um comentário