segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Diario de Campanha


Garras do Inverno (Equivale a Fevereiro. Edição de Narrador atrevido) do ano de 1477, acabo de atingir minha maior idade, minha família tem o costume de que quando atingem essa idade os mais jovens recebem suas heranças e seguem seu destino, então eu aceitei minhas duas lojas e uma barraca na feira e 220 PO e virei Lúcius o Mercador.
Então decidi montar uma caravana para ajudar as cidades assoladas pela guerra levando mantimento a elas. Nessa minha viagem achei cogumelos raríssimos que me renderam uma lucro justo por todo o meu esforço de atravessar muitos perigos pela caridade. Após fazer toda essa caridade eu ajudei a cidade dos gnomos levando produtos de primeira nessecidade para eles.
Quando retornei a Baldur's Gateestávamos nas Garras do Pôr do Sol, o terceiro mês do ano, e troquei as viagens por terra para desbravar o mar e suas riquezas. Viajei ate as colônias do sul e estabeleci uma rota de comercio entre nossa capital e suas colônias tornando meus negócios muito lucrativos. Agora estamos no Verão (não mais primavera. Erros de conta... Oitavo Mês... Edição de Narrador Atrevido) e minhas aventuras apenas começaram...

Texto de Lucius.
Editado por Narrador Atrevido...